AOS NAVEGANTES DA CAUSA POPULAR

Dia lindo em todo o Brasil. A primavera luminosa foi confirmada e anuncia o verão. É promessa de vida em nossos corações.

Segue o ciclo progressista em nossas terras, lançando influência em todo o ambiente internacional.

O ambiente se estende à América Latina, ancorado na quarta vitória popular à Presidência do Brasil. A Pátria Grande segue como promessa de presente e futuro. Também na Bolívia, logo mais no Uruguai e Argentina, que se somam ao Equador e Venezuela, e outros mais na América Central.

A afirmação nacional, democrática e popular no Brasil é o eixo da vitória e das responsabilidades do novo governo Dilma.

A democracia jamais pode ser desligada do progresso social e dos interesses nacionais. A inclusão de todo o povo brasileiro à grande gesta nacional, com igualdade de oportunidades para a maioria social e diminuindo as diferenças regionais, é a base para uma democracia substantiva, de maior participação popular, e a alavanca para uma economia mais poderosa frente ao mundo em crise.

A mulher de coração valente se mostrou destemida, não se dobrou e apontou com maestria e coragem novos passos para seguir adiante na obra iniciada há doze anos.

Foi uma vitória sem tergiversações. Para apontar a reforma política democrática mobilizada pela participação da sociedade mediante um plebiscito e para pôr fim à impunidade, que induzem à corrupção; para promover as reformas estruturais, entre as quais a de regular economicamente os meios de comunicação, nos termos da Constituição; para prosseguir a obra do crescimento e desenvolvimento econômico soberano e seguir integrando os interesses dos países da América Latina; para, enfim, prosseguir no desenvolvimento humano de todos os brasileiros, e não apenas dos 30% da ex-pirâmide, hoje losango, social brasileira.

Uma vitória maiúscula. Da qual o PCdoB, mais uma vez, foi protagonista de primeira hora.

Viva Dilma, viva o povo brasileiro, viva o Brasil!