A disputa ideológica por um forte partido que retorna à esquerda, por Moara Crivelente

O Partido Trabalhista britânico enfrenta uma turbulência. Nesta terça-feira (19), a parlamentar Joan Ryan foi a oitava a deixar o partido e, segundo a imprensa britânica, mais 10 devem fazer o mesmo para integrar o novo Grupo Independente no Parlamento. No centro da discussão midiatizada estão acusações variadas contra o líder Jeremy Corbyn, mas o descontentamento com a viragem à esquerda do partido sob sua liderança é a questão de fundo.

Por Moara Crivelente*

Continue lendo

Direito Penal Express, por Conrado Hubner Mendes

“A desinteligência penal brasileira não tem partido. Nunca soubemos tanto sobre formas de desatar o nó da segurança pública, mas seguimos enredados nesse círculo perene de autoengano. O desafio já deixou de ser cognitivo e virou sobretudo político. A política continua a tocar um samba de uma nota só: criminaliza nova conduta; aumenta a pena; converte em crime hediondo; reduz a maioridade penal; arma a polícia para o combate e lhe dá carta branca; arma o “cidadão de bem” para a autodefesa; constrói muros, presídios e manda prender; relativiza a presunção de inocência e contrabandeia a presunção de culpa para dentro do processo. Aproveita o embalo e atiça o sensacionalismo, aperta o botão dos preconceitos e magnifica o medo.

Continue lendo

A bancada evangélica e seu projeto de poder, por Andrea Dip

Na complicada e adversa conjuntura atual, precisamos fazer um esforço adicional de leitura e reflexão para entender o “bolsonarismo” e suas causas. Uma boa e concisa contribuição para esse esforço é o livro de ANDREA DIP, Em nome de quem?: A bancada evangélica e seu projeto de poder, Rio de Janeiro, Editora Civilização Brasileira, 2018, 144 p. A autora é uma jornalista premiada e o livro, uma reportagem investigativa e acurada. Não se trata, portanto, de uma tese acadêmica, embora se apoie em entrevistas com pesquisadores universitários e seja muito informativo.

Continue lendo