Astrojildo Pereira – Viva a juventude. Viva o PCdoB

Astrojildo Pereira surgiu no meio do público no auditório lotado do Teatro Popular de Niterói. Todos ficamos perplexos com a ousadia. Ele morrera em  21 de novembro de 1965. O que estava fazendo ali? Será que foi conhecer a magnifica obra de Oscar Niemeyer, que oferece a Niterói um dos mais belos teatros do Brasil, com espetacular visão sobre a Baia de Guanabara? Não. Ele ressuscitava para chamar a atenção dos brasileiros que a Revolução Russa está completando 100 anos e que o Marco Zero da Revolução Brasileira começava a ser estabelecido ali, naquele local privilegiado numa data das mais simbólicas: comemorações dos 95 anos do Partido Comunista do Brasil, fundado em Niterói em 25 de março de 1922.
Continue lendo

Núcleo Memória e Memorial da Resistência apresentam temporada do espetáculo “E nós que amávamos tanto a revolução”

b64f31e206cc46b7cc4de636df1d97f3

O Memorial da Resistência, instituição da Secretaria da Cultura do Estado de São Paulo, em parceria com a Opine Produções Artísticas, Kamaleoa Juntó de Teatro e o Núcleo de Preservação da Memória Política apresentam temporada da peça teatral “E nós que amávamos tanto a revolução”, de 3 de julho a 28 de agosto, sempre das 15h00 às 16h30, com entrada gratuita. Os ingressos serão distribuidos a partir das 14:00. Capacidade: 160 pessoas. Continue lendo

"UNE canta Brasil: 50 anos esta noite"

50-anos-UNE-canta-Brasil-i

UNE CANTA BRASIL – Reminiscência que relampeja na cultura brasileira

É com alegria que registro a conquista e realização de um projeto que tem na alma a generosidade da juventude, a riqueza da cultura nacional-popular brasileira, o compromisso com um projeto avançado para o Brasil. Não é só alegria, é emoção mesmo. Deixo a vocês a conversa.com com o Alexandre Santini, dínamo do projeto.

Continue lendo