Temer libera R$ 13 bi para salvar a pele e corta verba de universidades e pesquisas científicas (por Eduardo Reina)

De um lado, o presidente da República, Michel Temer, liberou mais de R$ 13,4 bilhões em emendas parlamentares e outros benefícios para se livrar da denúncia de corrupção.

Do outro, o mesmo governante cortou drasticamente investimentos nas bolsas de estudo para universidades e estudantes em geral.

Continue lendo

Ciência é soberania nacional, mas Temer elimina programa de educação no Exterior (por Viomundo)

É o governo do desastre.

É um governo que parece empenhado em criar obstáculos para o acesso do jovem ao ensino superior.

Um governo que reduz o volume de financiamento estudantil (Fies), corta seu valor por aluno e deixa-o mais caro.

Continue lendo