Temer reduz recursos para tecnologia, meio ambiente e políticas sociais em 2018

Proposta orçamentária apresenta cortes em áreas que atendem a população, mas aumenta percentual parlamentares.

O Brasil corre o risco de viver um apagão em áreas estratégicas com os cortes que o governo pretende fazer no orçamento do ano que vem. Levantamento feito pelo Instituto de Estudos Socioeconômicos (Inesc) demonstra que a proposta que está em análise no Congresso Nacional prevê um contingenciamento tão grande que alguns ministérios perderão quase a totalidade dos recursos na comparação com o orçamento deste ano. Continue lendo