Universidades sofrem com asfixia financeira de Temer (por Danilo Molina)

Dez universidades brasileiras saíram do ranking internacional da Times Higher Education, revista inglesa que elenca as 1.000 melhores universidades do mundo. A classificação, divulgada nesta terça-feira (5), considera critérios de ensino, pesquisa, grau de titulação dos professores, produção do conhecimento e reputação internacional.

Continue lendo

“Há um estrago colossal na Universidade e no Estado brasileiro”, diz sindicalista (por Gregório Mascarenhas)

Foto/Reprodução: Mídia Ninja

Em 2012, com 12 campi, o Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Rio Grande do Sul (IFRS) tinha 12 mil alunos cujas necessidades eram atendidas por um orçamento de 54 milhões de reais. Cinco anos depois, em 2017, os 17 campi tinham 19 mil alunos; as verbas, todavia, tinham caído para 50 milhões. A previsão para 2018 é de que o número de estudantes chegue a 22 mil – e o orçamento segue em queda, com previsão de 45 milhões de reais. “Sem qualquer sinalização de que na Lei de Diretrizes Orçamentárias estejam previstos recursos para investimentos”, diz a pró-reitora de administração do IFRS, Tatiana Weber.

Continue lendo

Manifesto em Favor de um Ensino Pleno sem Restrições de Conhecimento ou Liberdade de Expressão

Uma sociedade justa e plenamente desenvolvida é aquela que preza e defende a liberdade de pensamento e de investigação crítica. Para tal, o conhecimento acumulado pela humanidade ao longo dos séculos, em todas as áreas – ciência, cultura, filosofia, sociedade – e sob as suas mais variadas vertentes, deve ser apresentado e discutido em todos os distintos níveis de formação de nossos estudantes. Da mesma forma, a sociedade para evoluir precisa também permitir que as fronteiras do conhecimento avancem, com novas indagações podendo ser livremente formuladas e investigadas, e os resultados de tais avanços sendo finalmente disponibilizados a todo cidadão, seja nas instituições de ensino, seja nas instituições de pesquisa, seja no âmbito da sociedade civil.

Continue lendo

Escola de partidos, sem partido ou de partido único? (por Michel Zaidan)

Acabamos de realizar, na semana que passou, um grande seminário sobre o “Centenário da Revolução Russa” (vide o balanço dessa extraordinária experiência histórica nos portais Astrojildo pereira e Maurício Grabois). Foi um evento que contou com a participação de inúmeros estudiosos e pesquisadores das idéias políticas oriundos de várias universidades da região (UFRN,UFAL,UFGC, UFPE e UFPE).

Continue lendo