Sistema penitenciário brasileiro: uma loucura insanável (por Marcelo Matte Rodrigues)

Em seu brilhante livro publicado em 1961 e considerado uma referência obrigatória e fundamental para as ciências humanas e para o estudo da saúde mental, Michel Foucault, além de discorrer sobre a evolução do modo de lidar com a questão da loucura, demonstrou que vários temas paralelos surgem como consequência do tratamento dessa mesma questão, como a exclusão social, o descaso e o surgimento de estereótipos.

Continue lendo