Morte do reitor Cancellier provoca luto e indignação em Santa Catarina

A trágica morte do professor Luiz Carlos Cancellier, reitor da Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), causou profunda indignação e uma grande comoção no estado. O governo estadual e a reitoria da UFSC decretaram luto oficial e diversas entidades emitiram notas de pesar.

Foto: Divulgação

 A trajetória do professor Cancellier foi destacada por diversas instituições A trajetória do professor Cancellier foi destacada por diversas instituições

Uma das manifestações mais veementes foi da seção estadual da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB-SC) que, ao manifestar seu profundo pesar pela morte do reitor, afirmou ainda que “é chegada a hora da sociedade brasileira e da comunidade jurídica debaterem seriamente a forma espetacular e midiática como são realizadas as prisões provisórias no Brasil, antes sequer da ouvida dos envolvidos, que dirá sua defesa”. Para a entidades dos advogados “reputações construídas duramente ao longo de anos de trabalho e sacrifícios podem ser completamente destruídas numa única manchete de jorna”. Para a OAB-SC pessoas inocentes sofrem um prejuízo é irreparável, cabendo-lhes a vergonha, a dor, o sentimento de injustiça. “O peso destes sentimentos pode ser insuportável”, enfatiza a nota dos advogados.
Continue lendo

Saídas e Perspectivas para o Brasil (por Walter Sorrentino)

A Revista Princípios publicou na sua última edição texto de minha autoria em que aponto como principal desafio do 14° congresso do PCdoB a busca de alternativas para a retomada do crescimento econômico sob democracia e progresso social. Acredito que este seja um debate fundamental para os comunistas e para todos os brasileiros, por isso o público também aqui no blog. O link da revista está aqui.

Continue lendo

A hora é de reagir e comparar os governos (por Antônio Augusto de Queiroz)

Vivemos um momento de pós-verdade, no qual em lugar de valorizar o debate de ideias, de programas e soluções para os problemas, busca-se despertar as reações, os sentimentos e os comportamentos mais primitivos do ser humano. Nesse ambiente, a racionalidade, a verdade, o debate de conteúdo, nada disso interessa. O que importa é dividir as pessoas, interditar o debate e despertar reações e sentimentos de rejeição ou até de ódio às pessoas ou às instituições que defendem ideias e propostas que contrariam os interesses do capital financeiro.

Continue lendo

Arranjo entre os três Poderes para desmonte do Estado (por Antônio Augusto de Queiroz)

A posse e efetivação de Michel Temer – ao contrário do que o senso comum imagina, influenciado por notícias sobre divergências pontuais entre autoridades dos três poderes e órgãos de controle – resultou num arranjo em que os poderes cooperam e até dividem tarefas e atribuições na implementação da agenda do novo governo.

Continue lendo

Universidades sofrem com asfixia financeira de Temer (por Danilo Molina)

Dez universidades brasileiras saíram do ranking internacional da Times Higher Education, revista inglesa que elenca as 1.000 melhores universidades do mundo. A classificação, divulgada nesta terça-feira (5), considera critérios de ensino, pesquisa, grau de titulação dos professores, produção do conhecimento e reputação internacional.

Continue lendo