Há 100 anos, greve geral parou São Paulo (por Ricardo Westin)

Há cem anos, São Paulo vivia dias de completa anormalidade. Em certas horas, parecia uma cidade fantasma: ruas desertas, comércio de portas abaixadas, indústrias com o maquinário desligado, bondes parados, escolas sem aula. Em outras horas, tornava-se palco de espetáculos de violência.

Continue lendo

Ao longo da manhã, greves e protestos pararam cidades em TODOS os estados e no DF (por Natália Rangel)

Ponte entre Juazeiro, na Bahia, e Petrolina, em Pernambuco, totalmente paralisada

Até o final desta manhã, o país registrou protestos e greves em 24 estados e o Distrito Federal. A maioria foi às ruas ou cruzou os braços contra as reformas trabalhista e da Previdência, propostas pelo governo de Michel Temer.

Continue lendo

FGV: esquerda está convencendo brasileiros que reforma trabalhista = perda de direitos (por Cynara Menezes)

Uma análise das redes sociais elaborada pela Fundação Getúlio Vargas no dia 28 de abril, dia da greve geral, indica que a esquerda está ganhando a disputa narrativa sobre a reforma trabalhista e conseguindo convencer os brasileiros de que ela é sinônimo de perda de direitos. Trata-se de uma importante guinada na narrativa política, dominada pela direita desde 2014, após a vitória da petista Dilma Rousseff na eleição ser questionada pelo candidato derrotado, Aécio Neves, do PSDB.

Continue lendo

Presidente da CTB sobre reforma trabalhista: “Planalto quer destruir o Direito do Trabalho” (por Joanne Mota)

Retirado do Portal CTB

Com forte apoio dos grandes capitalistas e sua mídia, o governo e seus cúmplices no Legislativo intensificaram as pressões para impor a toque de caixa a contrarreforma trabalhista, aprovada nesta terça-feira, 25, pela Comissão Especial da Câmara. Trata-se, na opinião de inúmeros juristas, do maior projeto de retirada de direitos sociais em tramitação no Congresso desde o advento da CLT.

Continue lendo