Uma nova esquerda? Nova? (por José Carlos Ruy)

Foto/Reprodução: Mídia Ninja

No final de junho um grupo de dirigentes e militantes ligados ao PT, PSOL e movimentos sociais se reuniu em São Paulo para debater os rumos da esquerda. A reunião foi convocada pela Frente Povo Sem Medo e pelo MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), cujo dirigente principal, Guilherme Boulos, chegou a ser saudado como eventual candidato a presidente da República, em 2018. Querem fomentar debates para elaborar um programa para a disputa do ano que vem. Segundo um dos participantes está em discussão um “programa mais à esquerda”, que possa ir “além” dos governos petistas.

Continue lendo

Uma nova esquerda? Nova? (por José Carlos Ruy)

Foto/Reprodução: Mídia Ninja

No final de junho um grupo de dirigentes e militantes ligados ao PT, PSOL e movimentos sociais se reuniu em São Paulo para debater os rumos da esquerda. A reunião foi convocada pela Frente Povo Sem Medo e pelo MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), cujo dirigente principal, Guilherme Boulos, chegou a ser saudado como eventual candidato a presidente da República, em 2018. Querem fomentar debates para elaborar um programa para a disputa do ano que vem. Segundo um dos participantes está em discussão um “programa mais à esquerda”, que possa ir “além” dos governos petistas.

Continue lendo

MST inaugura loja com produtos orgânicos de assentamentos em São Paulo

Para dirigentes, armazém explicita função social da reforma agrária, além de gerar renda aos pequenos camponeses.

xxx

Rute Pina – Pelo Brasil de Fato

Na Alameda Eduardo Prado, região central de São Paulo, uma loja com ares de quitanda reúne em suas prateleiras quase todos os alimentos básicos: farinha de trigo, arroz, feijão, soja, ovos. É possível encontrar também cachaças, sucos, cervejas, mel, ervas e outros produtos de pronto consumo. Em comum, todos os produtos se sustentam em pelo menos um dos três pilares: são oriundos de assentamentos, cultivados por pequenos agricultores ou produzidos de empresas parceiras, que visam à produção orgânica e agroecológica. E o diferencial para outras lojas de produtos naturais é que a iniciativa é do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Teto (MST).

Continue lendo

Se governo liberar venda de terras a estrangeiros, MST reagirá

João Pedro Stédile falou com a imprensa ao lado do violeiro Pereira da Viola e do coordenador do MST em Minas Gerais, Enio BohmenbergerLéo Rodrigues/Agência Brasil

João Pedro Stédile falou com a imprensa ao lado do violeiro Pereira da Viola e do coordenador do MST em Minas Gerais, Enio BohmenbergerLéo Rodrigues/Agência Brasil

Por Léo Rodrigues

Da Agência Brasil

O líder nacional do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), João Pedro Stédile, disse nesta quinta (21), em Belo Horizonte, que o MST reagirá com ocupações se venda de terras brasileiras a estrangeiros for liberada. Na capital mineira, Stédile participa do 1º Festival Nacional de Arte e Cultura da Reforma Agrária. Organizado pelo MST, a programação do evento vai até domingo (24) com shows, filmes, feira gastronômica debates, entre outras atividades. Continue lendo