A vingança do neoliberalismo contra os trabalhadores (por Marcos Verlaine)

 

Passados coincidentes 13 anos, o neoliberalismo ressurge, a partir de um golpe parlamentar que cassou a presidente Dilma, em 2016, e que reintroduziu o modelo econômico rejeitado sucessivas vezes pelas urnas desde 2002. Sob o programa “Uma ponte para o futuro”, do PMDB-PSDB, o grupo que se instalou ilegitimamente no poder conduz o país ao passado e ao caos social.

Continue lendo

Gramsci e a luta de ideias (por Aldo Arantes)

Gramsci deu importantes contribuições à cerca do papel da luta de ideias na formulação da estratégia e tática para a conquista do poder. Analisando a diferença entre as táticas adotadas na Rússia Tzarista e nos países de maior desenvolvimento capitalista escreveu “A determinação, que na Rússia era direta e lançava as massas às ruas para o assalto revolucionário, complica-se na Europa Central e Ocidental em função de todas estas superestruturas políticas, criadas pelo maior desenvolvimento do capitalismo; torna mais lenta e mais prudente a ação das massas e, portanto, requer do partido revolucionário toda uma estratégia e tática bem mais complexas e de longo alcance do que aquelas que foram necessárias aos bolcheviques no período entre março e novembro de 1917”.

Continue lendo

Sorrentino: “Neoliberais estão impondo uma nova ordem política no país” (por Claudio Gonzalez)

O dirigente comunista dividiu sua fala em três partes: na primeira parte, intitulada Saídas e Perspectivas para o Brasil, ele apresenta parte do conteúdo do documento congressual, com uma análise política da conjuntura atual pós-golpe e do ciclo progressista dos governos Lula e Dilma; na segunda parte, Sorrentino relata o que propõe o PCdoB aos brasileiros neste momento de crise e, na terceira parte, avaliada por ele como mais complexa, são tratadas as polêmicas sobre a estratégia política necessária para tirar o país da encruzilhada histórica em que se encontra e como o PCdoB se situa nestas polêmicas.

Continue lendo