Partido Comunista: que partido, para quê? (por Walter Sorrentino)

No livro Lenin – Presença da Revolução, editado pela Sociedade Amigos de Lênin da Fundação Maurício Grabois, há um ensaio de minha autoria recolhendo reflexões teórico-políticas sobre o partido comunista, sob a perspectiva de Lênin atualizado. Esse livro tem um alto valor em todos os temas tratados, sempre sobre a obra e práxis de Lênin. Apresento aqui o ensaio.

Continue lendo

“Guillier Es El Que Le Compite A Piñera” (do El Siglo)

Guillermo Teillier echa un vistazo al cuadro político post primarias y asegura que en la carrera grande todo se definirá en segunda vuelta.

Hugo Guzmán R. Periodista. El presidente del Partido Comunista, diputado Guillermo Teillier, echa un vistazo al cuadro político post primarias y dice que el candidato de la derecha encara problemas, como que no es seguro que se le endosen los votos de Ossandón. Apunta que está claro que en la carrera grande todo se definirá en segunda vuelta y plantea que si la centroizquierda y la izquierda llega unida “a esa recta final, estoy seguro que los esfuerzos y decisiones van a rendir frutos favorables”. Afirma que “no andamos buscando la confrontación con el Frente Amplio” y que “no me gustaría que llegáramos a lo que llegaron los candidatos de la derecha en el debate que tuvieron, que fue un desastre”.

Continue lendo

Partido Comunista: que partido, para quê?

Como disse um dirigente do PC (M) da Índia, podemos pensar erguendo-nos sobre os ombros de Lênin para enxergar mais longe e vastamente, mas não pensar com a cabeça dele, pois ela cessou de trabalhar e estava voltada para seu tempo. Temos que fazê-lo com nossas próprias capacidades e experiências, aproveitando o proveitoso legado que ele nos deixou.

Com essas palavras encerro o pequeno ensaio para o livro Lênin – presença da revolução, organizado pela Sociedade Amigos de Lênin da Fundação Maurício Grabois e Editora Anita Garibaldi. Ele foi organizado por Aloisio Sérgio Barroso e seu lançamento ocorrerá nesta sexta feira, 7 de julho, onde espero encontrar as amigas e os amigos do Blog.

Continue lendo

Antônio Levino (por Walter Sorrentino)


A dor nos atravessa deixando um vazio e estupor – é o modo como o espírito humano responde ou se protege perante a impotência, o imponderável, o indizível.

Morreu Antônio Levino. Morreu na UTI para a qual foi levado no pós-cirúrgico de uma intervenção de complexidade no máximo mediana. Não sei até este momento porque esse final inesperado.

Continue lendo