Teto de 20 anos para o gasto público violará direitos humanos, alerta relator da ONU

16_12_12_sorrentino_teto_pec55

Os planos do governo de congelar o gasto social no Brasil por 20 anos são inteiramente incompatíveis com as obrigações de direitos humanos do Brasil, de acordo com o Relator Especial da ONU para extrema pobreza e direitos humanos, Philip Alson. Continue lendo