50 anos sem Che: um olhar sobre a América Latina – Por Mateus Fiorentini

Mais uma vez sinto sob os calcanhares
as costelas de Rocinante” (GUEVARA, 1965)

 

A epígrafe acima provém da carta enviada por Che Guevara a seus pais no ano de 1965, quando despedia-se de Cuba para lançar-se em mais uma jornada revolucionária do continente latino-americano. Como o mesmo Ernesto previra, aquela fora a última carta de despedida que o revolucionário argentino escreveria aos pais. No dia 08 de outubro de 1967 o exército boliviano, com suporte do governo norte-americano e da CIA, o capturam nas selvas deste país, executando-o no dia seguinte. Além de seu exemplo combatente e sua firmeza de princípios, Guevara deixou um conjunto de contribuições para o debate político, ideológico e teórico que vão além da perspectiva do foco guerrilheiro. Aludindo aos 50 anos da morte de Che, apresentar, ainda que de maneira simples e panorâmica, alguns aspectos desses aportes de Ernesto é o objetivo do presente texto.

Continue lendo

12 livros para entender a relação entre marxismo e a questão racial (por Silvio Luiz de Almeida)

Silvio Luiz de Almeida indica 12 livros fundamentais para entender a relação entre marxismo e a questão racial, tema do dossiê coordenado por ele na nova revista da Boitempo, a Margem Esquerda Continue lendo

100 anos da Revolução de Outubro: A arte russa

Neste ano celebramos 100 anos do ato inaugural do século XX: A Revolução Russa de Outubro (novembro) de 1917. Em virtude disso, um conjunto de comemorações, homenagens e debates ocorrerão ao longo do ano. Aqui no Blog Projetos para o Brasil discutiremos e repercutiremos opiniões, estudos, características desse processo, bem como seu legado para a luta dos povos de todo o mundo.

Uma dessas grandes contribuições da experiência soviética foi a capacidade de construir uma nova forma de ver o mundo e o ser humano. Isso refletiu nas produções teóricas, acadêmicas, políticas e artísticas estimuladas na união de repúblicas socialistas. Nessa ocasião destaco o papel do cinema e das artes para a polarização frente à estética capitalista.

Diante disso, reproduziremos alguns materiais divulgados pela camarada e amiga, Mazé Leite. No seu blog Mazé (http://artemazeh.blogspot.com.br/) realiza um especial acerca da arte soviética. Inúmeras obras ilustrarão um conjunto de publicações neste blog ao longo do ano.

Abaixo segue a primeira publicação do blog Arte & Ofício que compartilhamos:

Continue lendo